31.8.09

Encontro



Beijei-te.
Foi um calor,
Um clamor,
De um cálido beijo.
Seus lábios eram tão úmidos e trêmulos.
O desejo tomou conta.
Nossos corpos colados,
Sentidos aguçados.
O ardor de nossos corpos,
O toque encantado.
Levando-me ao plano impenetrável
Onde as almas tornam-se “um”.


Texto Por: Mislene C.


(esferográfica)
Postar um comentário