14.5.10

Guerra II

...

Em meio a todo aquele caos e tortura meu coração aliviou-se, senti que aquele pesadelo iria acabar naquele momento.

A vingadora desacreditou da coragem daquela menina frágil.

Tudo foi muito rápido, e aquelas mãos de anjo tocou em meus braços e me puxou, me levou pro alto e reviveu minhas esperanças;;;

Minha amada deu-lhe um golpe em cheio, uma lição, ela caiu para trás e nos olhou com ódio...

Foi tudo muito rápido, voamos com tanta velocidade,e enxergados a Perseguidora que quer roubar meus sonhos.

Ficou ali parada bem de longe nos olhando séria e com ar maquiavélico.

Enfim, deixamos o caos, e gostaria de saber qual o propósito de querer me matar, o porquê de causar tanta destruição. De onde ela vem?... O pouco que sabemos é seu nome.

Eu nesse devaneio desfaleci, seguro pelas mãos de minha salvadora que estava séria e rígida, mas em seus olhos a serenidade se via.

Eles me levaram para casa e eu continuava a dormir. Por enquanto...



Texto por : Mislene Cavalcante

(Caneta+Photoshop)


Postar um comentário