25.8.10

Solidão no céu de cereja


Você me fez tão bem
me jogou neste patamar
e não consigo te mandar cartas,
nem ser tão criativo como antes...
O romantismo acabou
Sozinho não posso fazer muita coisa, eu
gostava quando você admirava as construções acima da fábrica..
Hoje só terei algumas distrações, mas sonhar como antes... acho que vai demorar um pouco pra eu brincar com os fantasmas novamente...
Até lá vou cicatrizando a ferida com plásticos e metais.
(photoshop)

Postar um comentário